PremeIA

PremeIA

Prémio de Mérito e Excelência em Inteligência Artificial

PremeIANo ano de 2009, a APPIA celebra os 25 anos da sua fundação, cuja constituição data de 31 de Julho de 1984.

No sentido de assinalar os 25 Anos APPIA, a Associação institui o Prémio de Excelência e Mérito em Inteligência Artificial – PremeIA, com o propósito de laurear percursos individuais de trabalho após doutoramento, que apresentem resultados de excelência e realizações de assinalável mérito, na área científica da Inteligência Artificial.

Objectivo

O objectivo deste galardão é o de reconhecer o trabalho de investigadores portugueses após doutoramento, que tenham obtido o grau académico de doutoramento após o dia 1 de Janeiro de 2004.

Selecção e Avaliação

A APPIA seleccionará e avaliará os percursos individuais de acordo com um conjunto de critérios e ponderações que serão da exclusiva responsabilidade da Direcção da Associação e que, em tempo oportuno, serão divulgados a toda a comunidade científica da Inteligência Artificial.

Candidaturas

Podem candidatar-se todos os investigadores que desenvolvam trabalho na área científica da Inteligência Artificial e que verifiquem as condições enunciadas. Para o efeito, deverão contactar a Direcção da APPIA solicitando o respectivo formulário de candidatura, que, uma vez preenchido, deverá ser remetido à Associação antes de 15 de Junho de 2009.

O PremeIA será conferido em sessão solene a decorrer no dia 4 de Julho de 2009, em conjunto com a Sessão Comemorativa 25 Anos APPIA, a ter lugar na cidade de Tomar.

PremeIADocumentos

Anúncio & Regulamento (161 KBytes)

Poster para impressão (alta resolução – 7,2 MBytes)

Poster para divulgação (baixa resolução – 128 KBytes)

Formulário de dados (45 KBytes)

 

Participantes PremeIA

Foram recebidas, até ao dia 15 de Junho de 2009, as participações, neste Evento APPIA, dos seguintes investigadores:

  • Alberto Manuel Brandão Simões, Universidade do Minho
  • Andreia Malucelli, Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • António José Ribeiro Neves, Universidade de Aveiro
  • Carlos Manuel Milheiro de Oliveira Pinto Soares, Universidade do Porto
  • Cláudia Martins Antunes, Instituto Superior Técnico
  • Francisco Colunas Pereira da Câmara Pereira, Universidade de Coimbra
  • Maria Goreti Carvalho Marreiros, Instituto Politécnico do Porto
  • Hugo Pedro Martins Carriço Proença, Universidade da Beira Interior
  • Maria Inês Camarate de Campos Lynce de Faria, Universidade Técnica de Lisboa
  • Lino Manuel Baptista Figueiredo, Instituto Politécnico do Porto
  • Luís Miguel Machado Lopes Macedo, Universidade de Coimbra
  • Luís Miguel Martins Nunes, Instituto Universitário de Lisboa
  • Maria João Monteiro Ferreira Viamonte, Instituto Politécnico do Porto
  • Nuno Alexandre Pinto da Silva, Instituto Politécnico do Porto
  • Paulo Jorge de Sousa Gomes, Universidade de Coimbra
  • Pedro Gabriel Dias Ferreira, Center for Genomic Regulation
  • Pedro Lopes da Silva Mariano, Universidade de Aveiro
  • Fernando Jorge Penousal Martins Machado, Universidade de Coimbra
  • Rui Manuel Ribeiro de Castro Mendes, Universidade do Minho
  • Sara Alexandra Cordeiro Madeira, Instituto Superior Técnico

Convento de CristoA todos, a APPIA agradece a disponibilidade e a prontidão com que responderam a este desafio, mostrando à comunidade científica da Inteligência Artificial a contribuição que têm dado para o seu engrandecimento, reconhecimento e afirmação.

 

25 Anos APPIAA Direcção da APPIA endereça a todos os Participantes PremeIA um convite para estarem presentes no dia 4 de Julho de 2009, no Convento de Cristo, em Tomar, na cerimónia de comemoração dos 25 Anos APPIA, onde se apresentarão as conclusões sobre os investigadores cujos trabalhos após doutoramento mais se distinguiram na área da Inteligência Artificial.

 

Avaliação das Participações

Para proceder à avaliação das participações neste evento, a Direcção da APPIA recolheu informação proveniente de duas fontes:

  • Informação remetida pelos participantes;
  • Informação recolhida de fontes on-line, com créditos firmados na área da consolidação da produção científica e avaliação de factores de impacto (DBLP, CiteseerX e ISI-WoK).

Toda a informação recolhida reflecte o percurso de cada participante, quer durante o período após a obtenção do grau de doutoramento, quer o seu historial de produção científica.

Todos os indicadores recolhidos foram ponderados de acordo com a sua importância relativa, tendo em conta o objectivo principal de elogiar o período de investigação após doutoramento.

Foram utilizadas duas perspectivas de selecção:

  • Avaliação normalizada e ponderada de acordo com o número de anos após doutoramento;
  • Análise da quantidade de índices em que se verifica desempenho acima da média.

Procedendo-se à classificação segundo estas perspectivas, ficou clara uma fronteira que permitiu distinguir o percurso de três dos participantes, comparativamente com os restantes.

Nomeados PremeIA

Analisadas, desta forma, as duas dezenas de participações, a Direcção APPIA decidiu distinguir os percursos individuais de três investigadores. A saber:

    CARLOS SOARES obteve o grau de doutoramento em 2004, pela Universidade do Porto, onde continua a desenvolver actividade de investigação como membro do LIAAD-INESC Porto, L.A.
    INÊS LYNCE obteve o grau de doutoramento em 2005, pela Universidade Técnica de Lisboa. Actualmente desenvolve a sua actividade no INESC-ID Lisboa, Instituto Superior Técnico.
    PENOUSAL MACHADO obteve o grau de doutoramento em 2007, pela Universidade de Coimbra, onde continua a desenvolver actividade de investigação no CISUC – Center for Informatics and Systems of the University of Coimbra.

A Direcção APPIA endereça aos Nomeados PremeIA as melhores felicitações e votos de continuação do excelente trabalho que têm desenvolvido, de reconhecido mérito, a nível nacional e internacional, não só pela produção científica, mas também pelo impacto que o seu trabalho tem alcançado no domínio da Inteligência Artificial.